• Em medida contra o coronavírus, prefeito de Simões Filho reduz o próprio salário em 25%

Em medida contra o coronavírus, prefeito de Simões Filho reduz o próprio salário em 25%

12 de abril de 2020 \\ Política

O prefeito de Simões Filho, Diógenes Tolentino, decidiu reduzir o próprio salário em 25% e redirecionar a verba para o combate ao coronavírus no município. A medida foi anunciada no Diário Oficial do Município, em edição extraordinária publicada na noite do último sábado (11).Além do salário do prefeito, os vencimentos do vice-prefeito também serão reduzidos, mas em 10%. O corte será válido por 90 dias, ou enquanto durar o estado de calamidade pública do município.

O decreto também prevê a suspensão dos atos de concessão de gratificações por Condições Especiais de Trabalho – CET, exceto para profissionais que trabalham diretamente no combate ao coronavírus. A Secretaria da Fazenda de Simões Filho ainda fará a renegociação dos contratos de imóveis locados pelo município, na tentativa de cortar o valor do aluguel em até 20%.De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), o estado possui 640 casos confirmados de coronavírus, com 21 mortes. Do total de casos registrados, três ocorreram em Simões Filho. (G1)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE