• Arimateia realiza Sessão da Bíblia com Bancada Evangélica da ALBA

Arimateia realiza Sessão da Bíblia com Bancada Evangélica da ALBA

13 de dezembro de 2019 \\ Política

Fé, louvor e respeito à Palavra de Deus deram o tom da oitava Sessão Especial em celebração ao Dia da Bíblia, que aconteceu na tarde desta quinta-feira (12), com o Plenário da Assembleia Legislativa da Bahia lotado. A Sessão Conjunta com os deputados componentes da Bancada Evangélica da ALBA contou com a participação do Presidente da ALBA, deputado estadual Nelson Leal, da Presidente da UNALE, deputada estadual Ivana Bastos, além dos vereadores de Salvador Rogéria Santos, Ireuda Silva, Luiz Carlos e Isnard Araújo, além de autoridades evangélicas e cristãos das mais variadas denominações.sessao-da-biblia-2019-8

Em seu discurso, o deputado estadual José de Arimateia (Republicanos), proponente da Sessão, destacou a importância de pregar o Evangelho a toda criatura e utilizar a Palavra de Deus como direcionamento da vida. “É através da Palavra de Deus, contida na Bíblia, o Livro dos Livros, que as igrejas exercem um papel social muito importante e alcançam locais onde nem o próprio Poder Público consegue chegar”, explicou o republicano.

De forma unânime, os parlamentares levaram à Tribuna, em suas falas, a indignação com o vídeo especial de Natal do grupo Porta dos Fundos em parceria com a Netflix. “A Bíblia fala que de Deus não se zomba, com Deus não se brinca e, como Atalaias, não podemos ficar de braços cruzados. Temos que nos posicionar e defender aquilo que nós cremos, que é a Palavra de Deus, que é o Nosso Senhor Jesus como único Senhor e Salvador das nossas vidas”, protestou o deputado Jurailton Santos.

sessao-da-biblia-2019-6Arimateia também demonstrou repúdio à produção. Ao citar a passagem bíblica Lucas 6:35, falou sobre a bondade de Deus para com todos os ímpios. “Existe uma cegueira espiritual muito grande no nosso estado, no Brasil e no mundo. Nós temos que orar para que essas pessoas se convertam. São almas que ainda não conhecem a Palavra de Deus e, como Atalaias do Reino de Israel, nós temos a responsabilidade de levá-la a milhares de pessoas como estas”, refletiu o parlamentar.

Na cerimônia, que contou com as apresentações dos Levitas Rejane Couto e Robson Miranda, foram homenageados 42 trabalhadores da Obra de Deus, entre Bispos, Pastores, Levitas, Missionários, Apóstolos e Evangelistas. Eles foram indicados pelos integrantes da Bancada Evangélica da ALBA, os deputados estaduais Jurailton Santos (Republicanos), Talita Oliveira (PSL), Pastor Tom (PSL), Capitão Alden (PSL), Kátia Oliveira (MDB), Pastor Isidório Filho (Avante) e Samuel Júnior (PDT), além de outras autoridades evangélicas.sessao-da-biblia-2019-5

Origem da data – Celebrado no segundo domingo de dezembro, o Dia da Bíblia foi criado em 1549, na Grã-Bretanha pelo Bispo Thomas Cranmer, que incluiu a data no livro de orações do Rei Eduardo VI. O dia foi criado para que a população intercedesse em favor da leitura do livro sagrado. No Brasil, a data começou a ser celebrada em 1850, quando chegaram da Europa e EUA os primeiros missionários evangélicos. Porém, a primeira manifestação pública aconteceu quando foi fundada a Sociedade Bíblica do Brasil, em 1948, no Monumento do Ipiranga, em São Paulo (SP).

Desde dezembro de 2001, essa comemoração passou a integrar o calendário oficial do país, graças à Lei Federal 10.335, que instituiu a celebração do Dia da Bíblia em todo o território nacional.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE