• Moradores relatam pânico durante ação de bandidos no Sul da Bahia

Moradores relatam pânico durante ação de bandidos no Sul da Bahia

06 de outubro de 2019 \\ Polícia

Moradores relataram momentos de pânico e terror durante a ação de bandidos na cidade de Itororó, no sul da Bahia, na madrugada deste sábado (5). Foram 40 minutos de muita tensão. A polícia ainda não sabe se foi uma ação simultânea, mas testemunhas disseram que o banco Bradesco foi o primeiro alvo dos criminosos.

Cerca de vinte homens, armados, usaram explosivos na tentativa de abrir o cofre principal da agência, e deixaram um cenário de muita destruição. O teto desabou, caixas eletrônicos ficaram danificados. Na agência do Banco do Brasil, os bandidos agiram da mesma forma.

"Muito susto. O pessoal da rua saiu todo. Aqui na rua encheu de gente", disse a técnica administrativa Kátia Ceo.

Muitas pessoas acordaram com o barulho de tiros e explosões.

"Fiquei em desespero, né, porque cidade pequena e a gente nunca viu isso. Então foi um choque pra gente aqui", disse o vendedor Raique Barros.

Além das agências, os criminosos tentaram arrombar uma loja de roupas e uma relojoaria, mas não conseguiram. Eles atacaram ainda o 4º pelotão de Polícia Militar de Itororó. Os bandidos também atiraram contra o prédio, atingiram portas, janelas, parede e também uma viatura. Ao lado do pelotão fica uma capela onde estava tendo um velório.

"Tinha mais ou menos umas 15 pessoas da família, né. Os familiares do falecido. Acho que eles não entraram porque viram uma coroa na porta do estabelecimento. Se não tivesse a coroa, acho que eles tinham adentrado", disse Léo Prates, diretor administrativo funerária.

Lojas próximas do Banco do Brasil também foram atingidas pelos tiros. Ainda segundo informações da PM, os bandidos não conseguiram levar nenhuma quantia em dinheiro após os ataques. A perícia foi feita e os policiais trabalham agora para encontrar os suspeitos.

Na fuga, os bandidos queimaram quatro veículos. Dois em uma ponte da BA-263, que liga Itororó a Itapetinga, e os outros dois no entroncamento da BA-263, com a cidade de Potiraguá.

Fonte: G1
 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE