• Policlínicas e Central de Regulação se tornam referência para outros estados

Policlínicas e Central de Regulação se tornam referência para outros estados

07 de fevereiro de 2019 \\ Municípios

O modelo adotado na Bahia para a descentralização da assistência de média complexidade, com as policlínicas regionais de saúde, está se tornando referência para outros estados. A unidade instalada em Feira de Santana foi apresentada nesta quarta-feira (6), para o secretário da Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino Júnior, pelo secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas. A expectativa é que o modelo baiano seja implantado em outros estados a fim de ampliar e descentralizar o atendimento especializado para a população em outras localidades do Brasil. “Podemos afirmar que essa é uma experiência inovadora na gestão do sistema de saúde, diferente do que vem sendo implantado em todo o Brasil”, explicou Fábio Vilas-Boas.

O secretário de Goiás ainda visitou toda a estrutura e, à tarde, reuniu-se com gestores da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), para detalhar o conhecimento. “As policlínicas contribuem para a regionalização da saúde. Nós entendemos que a saúde não pode ser praticada somente na capital. Esse é um modelo exitoso aqui na Bahia e nós pretendemos implantar no estado de Goiás e dar acesso à saúde mais próximo da população”, afirmou Ismael Alexandrino Júnior.

Bahiafarma e Central de Regulação 

O secretário da Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino Júnior, visitou ainda a sede da Bahiafarma, onde ele foi apresentado à planta de produção da indústria farmacêutica, que faz a distribuição de medicamentos e testes rápidos para o Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o país.

Na sequência, foi realizada visita à Central Estadual de Regulação, onde pode conhecer o sistema de informática desenvolvido pela Sesab e que vem permitindo reduzir rapidamente o número de pessoas aguardando leitos em todo o estado.

Fonte: Ascom/Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE