• AL-BA pode suspender recesso em julho e prepara plano para sessões 'semipresenciais'

AL-BA pode suspender recesso em julho e prepara plano para sessões 'semipresenciais'

01 de junho de 2020 \\ Geral

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Nelson Leal (PP), propôs eliminar o recesso parlamentar de julho deste ano. A sugestão foi apresentada na sessão desta segunda-feira (1°) e irá ser analisada pelos deputados estaduais. A ideia é que o parlamento siga operando durante a crise do coronavírus.

Os parlamentares costumam gozar de 60 dias de recesso dos trabalhos na Casa, no fim do ano e em julho. Em ano eleitoral, o recesso do meio do ano costuma ser estratégico para os deputados retornem ao interior do estado. No entanto, durante a pandemia, muitos parlamentares já estão fora de Salvador e participando das sessões remotas de suas casas. 

 

Caso se concretize a suspensão do recesso, este será o segundo que os deputados irão pular. Em janeiro deste ano, a casa publicou uma convocação extraordinária para votar projetos do governador Rui Costa. Por trabalhar em regime em caráter extraordinário, cada deputado ganhou um salário extra. 

 

Durante a sessão, o presidente Nelson Leal ainda anunciou que o Legislativo trabalhará em um plano para a volta gradual das atividades presenciais. A ideia é analisar como as comissões podem voltar a operar e quando será possível que alguns deputados possam frequentar o plenário. BN


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE