• Não há situação epidemiológica para suspensão das aulas, afirma coordenadora do Comitê Coronavírus

Não há situação epidemiológica para suspensão das aulas, afirma coordenadora do Comitê Coronavírus

15 de março de 2020 \\ Geral

Não existe, no momento, situação epidemiológica relativa ao Coronavírus que recomende a suspensão das aulas, em Feira de Santana. Esta é a posição do Comitê Municipal de Acompanhamento das Ações de Controle ao Coronavírus. O órgão é vinculado a Secretaria de Saúde do Município.

A administração municipal aguarda por orientação do Ministério da Educação sobre a possibilidade de antecipar as férias escolares em todo o país.

"A suspensão precoce das aulas pode prejudicar uma necessidade futura. Essa decisão deve ser tomada no momento epidemiológico adequado. Por enquanto não há necessidade e precisamos ter cautela ao tomar essas decisões", diz a médica Melissa Falcão, coordenadora do Comitê. A infectologista orienta que "quando houver necessidade, todas as instituições de ensino serão comunicadas".

O prefeito Colbert Martins Filho, que decretou situação de emergência em saúde pública no município, informa que escolas da rede particular e universidades ou faculdades tem autonomia para decidir sobre medidas preventivas relacionadas com a crise.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE