• Confira quais as multas de trânsito mais caras do Brasil

Confira quais as multas de trânsito mais caras do Brasil

27 de janeiro de 2020 \\ Geral

Dirigir exige que sejam cumpridas algumas regras e quando há a infração da lei é possível receber as multas de trânsito mais caras e ter um custo bastante elevado no orçamento.


Dependendo da infração, o valor da multa pode ser bastante alto e para agravar ainda mais a situação existe o fator multiplicador.


Esse fator é aplicado nas infrações gravíssimas e permite que o valor da multa seja multiplicado em até 60 vezes, de acordo com a gravidade do ato praticado.


Nesse caso não levaremos em consideração o valor multiplicado, apenas o custo original das multas.


Multas de trânsito mais caras do Brasil


Se não quer desembolsar um valor alto para pagar uma infração, conheça quais são as multas de trânsito mais caras.


Usar o veículo para interromper, restringir ou perturbar a circulação na via sem autorização


Se o carro for utilizado para fechar uma via sem que haja autorização, receberá uma das multas de trânsito mais caras existentes, o correspondente a R$ 5.864,40 e R$ 5.869,40.


Promover na via competição esportiva, exibição e demonstração de perícia em manobra de veículo ou organizar eventos


A rua não é local para exibição das habilidades com o veículo e os rachas estão incluídos nessa lista. Além disso, as manobras que são feitas com carro ou motos também rendem uma multa.


O motorista que for flagrado praticando algumas dessas irregularidades será multado em R$ 2.934,70 por cada infração.


Dirigir sob influência de álcool ou outra substância psicoativa


Muito se fala sobre a Lei Seca e os motoristas já sabem que ingerir álcool e, posteriormente pegar ao volante, rende uma multa e o carro pode ser rebocado.


Entretanto, não é apenas o álcool que pode pesar no bolso, qualquer outra substância que altere os sentidos e reflexos também geram a penalidade. Se houver flagrante, o motorista terá de pagar o valor correspondente a R$ 2934,70 e alguém terá de buscar o carro, pois ele será impedido de sair dirigindo.


Recusar-se a fazer teste clínico para detectar álcool ou outra substância psicoativa


Se detectada a presença de substâncias proibidas combinadas com a direção, a pessoa será multada, porém, se ela se recusar a fazer os testes solicitados por policiais também terá que pagar. A recusa custa R$ 2.934,70.


Forçar passagem


A ultrapassagem é permitida em algumas situações, desde que não ofereça risco para os motoristas.


Os que querem forçar a passagem em local não permitindo e que para isso invadem a via de sentido oposto colocando todos em perigo terão que pagar R$ 2.934,70.


Dirigir com a CNH cassada ou suspensa


Se o motorista está impedido de dirigir e for flagrado ao volante terá que pagar uma multa não muito barata.

Quando ocorrer o flagrante nessa situação irregular, a multa aplicada será de R$ 1.467,35.


Abandonar o local ou não prestar socorra a vítima de acidente de trânsito


Além de responder criminalmente, o motorista que não prestar socorro à vítima de acidente terá de pagar uma multa de R$ 1.467,35.


Depois de conhecer as multas de trânsito mais caras do Brasil, vale a pena redobrar a atenção nesses casos e evitar ter de pagar valores altos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE