• Com doença degenerativa, menina de 12 anos sai do hospital e vai para casa pela 1ª vez

Com doença degenerativa, menina de 12 anos sai do hospital e vai para casa pela 1ª vez

20 de outubro de 2019 \\ Geral

Após 12 anos internada, Letícia Kerollen de Souza Oliveira recebeu alta do Hospital e Pronto Socorro da Criança da Zona Oeste, Amazonas. Diagnosticada com Atrofia Muscular Espinhal (AME) desde 1 ano e 7 meses de vida, ela contrariou as primeiras expectativas, ganhou alta, e se despediu da “família” de médicos e enfermeiros que a acompanhou durante todo seu crescimento.


 


Segundo informações do G1, ela morava em Coari quando apresentou os primeiros sintomas da doença degenerativa. Primeiro, vieram as convulsões, depois os desmaios e a dificuldade para respirar. Passou oito anos no leito da Unidade de Terapia Itensiva (UTI).


 


Irreversível, a doença exige diversos cuidados especiais – como aparelho de respiração, sugador, sonda alimentar e fraldas – além de profissionais como terapeuta, fonoaudiólogo, psicólogo e enfermeiro. A continuidade do tratamento será possível com o auxílio do programa Melhor em Casa, que fornece serviços de uma equipe multidisciplinar.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE