• Robinson Almeida quer valorização de fanfarras em eventos do Estado

Robinson Almeida quer valorização de fanfarras em eventos do Estado

18 de outubro de 2019 \\ Geral

Como forma de valorizar as fanfarras e bandas marciais baianas, o deputado Robinson Almeida Lula (PT) propôs, em indicação apresentada na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), que estas entidades sejam priorizadas por órgãos estaduais nos eventos que demandem apresentação musical. 

A indicação é direcionada ao governador Rui Costa e ao secretário de Educação da Bahia, Jerônimo Rodrigues. O parlamentar argumenta que as fanfarras e as bandas marciais constituem importantes grupos de produção musical. Almeida afirma que estas entidades influenciam positivamente o desenvolvimento social e intelectual de crianças e jovens, contribuindo no processo educacional. 


“As fanfarras e bandas marciais estão espalhadas por todo o estado. São inúmeras as cidades do interior que contam com conjuntos musicais como estes, que proporcionam diversão para os cidadãos, além do aprendizado, estímulo e gáudio para os seus componentes e familiares. A grande maioria se encontra constituída há algum tempo, quinquagenárias, às vezes até centenárias, de modo que já fazem parte da cultura e tradições locais”, afirma o petista.


Robinson Almeida também frisa que o trabalho das fanfarras e bandas marciais tem resgatado muitos jovens da criminalidade e do uso de drogas. “A música, por certo, é um importante mecanismo para o equilíbrio psicossocial, e as fanfarras e bandas marciais o tem utilizado com proficiência e êxito”, ressaltou. 


“Muitas dessas associações, no entanto, se encontram em situação financeira delicada, sem condições de adquirir equipamentos musicais indispensáveis, ou promover o reparo destes, quando necessário, além das dificuldades de arcar com despesas básicas para o funcionamento”, disse Almeida, ressaltando a necessidade de iniciativas que valorizem as fanfarras e bandas marciais baianas.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE