• PRESIDENTE DA ALBA RECEBEU VISITA DE EMPRESÁRIOS

PRESIDENTE DA ALBA RECEBEU VISITA DE EMPRESÁRIOS

17 de setembro de 2019 \\ Geral

O presidente da Assembleia Legislativa (ALBA), deputado Nelson Leal (PP), recebeu nesta segunda-feira (16) a visita de empresários da indústria de material plástico e de produtos químicos, que mostraram a preocupação do setor quanto à tramitação de projetos que têm como objetivo a proibição e a limitação de consumo de produtos plásticos.


Ao lado do presidente da Comissão de Constituição e Justiça, deputado Zé Raimundo (PT), o chefe do Parlamento baiano disse que vai chamar para o debate todos os atores envolvidos na questão. Leal pretende encontrar uma solução coletiva “que seja discutida por parlamentares, líderes do governo e da oposição, ambientalistas e dirigentes das empresas”. 


"É crescente o interesse da sociedade na proteção ao Meio Ambiente, mas devemos também enxergar a importância da indústria. Com essa crise econômica e política no Brasil não é hora de fecharmos postos de trabalho, mas sim criarmos mais empregos”, afirma o presidente da Casa Legislativa, que defende o diálogo como forma de atender aos dois lados. 


O presidente da CCJ explica que dez projetos sobre o consumo de produtos plásticos tramitam na Casa do Povo para apreciação dos deputados. São iniciativas, observa Zé Raimundo, que “refletem uma natural preocupação ambiental, mas que têm grandes implicações do ponto de vista econômico”. O petista espera que as discussões nas comissões garantam “um caminho para as questões ambientais e, ao mesmo tempo, não criem obstáculos à geração de empregos no Estado”.


A indústria de plásticos na Bahia está concentrada nos municípios de Camaçari, Lauro de Freitas, Salvador e Vitória da Conquista. Segundo Miguel Bahiense, presidente da Plastivida, as 220 empresas do setor geram 11 mil empregos diretos, com um faturamento anual de R$ 3 bilhões. Ele se mostrou satisfeito com a abertura do diálogo definida pelo presidente Nelson Leal.


“A gente que ser ouvido sobre educação ambiental, consumo consciente, descarte correto. Ser parte do debate é fundamental para esclarecer a sociedade”, pontuou Bahiense. Também participaram da reunião Vladson Menezes, diretor executivo da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Luiz Oliveira, presidente do Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado da Bahia (Sindiplasba) e Roberto Fiamenghi, presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos Químicos (Sinpeq).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE