Proteger a natureza

05 de junho de 2015 \\ O Bispo

A Primeira Conferência Mundial sobre o Desenvolvimento Humano, celebrada em Estocolmo, Suécia, em 1972, decidiu instituir o 5 junho, como o Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia. A intenção é lembrar, todo ano, a urgência de se preservar e proteger o planeta. Todos somos responsáveis. Se alguém derruba uma árvore, essa desaparece para todos.
 

NÃO FALTAM pesquisas desqualificando projeções catastróficas e tentando estender uma cortina sobre o mapa da destruição, cujos limites não param de avançar. No jogo de interesses, os detentores do poder ditam as regras. E  desse jogo os países mais pobres, onde está o maior número de vítimas, são impedidos até de participar.
 

MILHARES de árvores foram cortadas sem serem substituídas. A sombra, o ar, o equilíbrio foram atingidos e em algumas áreas surgiram intermináveis desertos. Por falta de preservação, muitos rios secaram. O desmatamento progressivo afeta o regime das chuvas e a temperatura da terra aumenta. Muitas espécies de animais, peixes e árvores simplesmente, desapareceram. É preciso acabar com essa guerra contra a a natureza. A ação custa bem menos que a omissão.
 

UM CAPÍTULO à parte refere-se ao lixo. A Terra assemelha-se, hoje, a uma grande lixeira. Há pneus, garrafas, venenos espalhados ao ar livre. E este lixo não fica apenas na terra. Ele invade as águas e o ar. O próprio céu não está mais azul. A atmosfera está cheia de buracos e o sol queima mais e afeta a pele. Você se dá conta da origem do câncer de pele?
 

O DIA MUNDIAL do Meio Ambiente e da Ecologia deve ser um sino que soa chamando para o grande encontro do homem com a natureza. Respeite a natureza. Ela não tem como falar para reagir, mas reage não falando. Respeitar a natureza é um ato de inteligência consigo mesmo e um ato de amor aos filhos do presente e do futuro. É também uma maneira de louvar a Deus.
 

SENHOR, onde houver quem jogue lixo em local inadequado, que eu possa despertá-lo para a consciência ambiental. Onde houver alguém poluindo rios, que eu possa educá-lo a não fazer mais. Onde houver alguém destruindo matas e florestas, que eu possa sensibilizá-lo a protegê-las. São Francisco de Assis, Patrono da Natureza, protegei nosso meio ambiente e abençoai os que o defendem.
 

O Bispo