• Aliado de Bolsonaro, Magno Malta é derrotado e não garante reeleição ao Senado

Aliado de Bolsonaro, Magno Malta é derrotado e não garante reeleição ao Senado

07 de outubro de 2018 \\ Política

O senador baiano Magno Malta, que tentava ser reeleito pelo estado do Espírito Santo, foi derrotado neste domingo (7). Aliado próximo de Jair Bolsonaro (PSL), ele chegou a ser convidado para ser vice na chapa presidencial, mas ficou de fora por decidir buscar mais um mandato.

Foram eleitos no estado Fabiano Contarato (Rede) e Marcos do Val (PPS).

O partido de Malta acabou não coligando formalmente com o candidato do PSL por não haver concordância em coligações proporcionais.

No entanto, ele atuava como um braço de direito do presidenciável do PSL e chegou a gravar um vídeo de apoio para o candidato ao governo baiano José Ronaldo (DEM), que posteriormente migrou do alinhamento nacional com Geraldo Alckmin (PSDB) para declarar de vez apoio a Bolsonaro.  Malta também esteve em Salvador participar de um ato a favor do capitão reformado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE