• Salvador: corpo de jornalista é encontrado em edifício

Salvador: corpo de jornalista é encontrado em edifício

14 de novembro de 2017 \\ Polícia

O corpo da jornalista Daniela Bispo dos Santos, 38 anos, foi encontrado na manhã desta terça-feira (14) no Edifício Catabas Empresarial, na Avenida Tancredo Neves, em Salvador. Formada em Jornalismo pela Unijorge, em 2015, Daniela estava desaparecida desde às 19h de segunda-feira (13), quando saiu da sala onde trabalhava no prédio, no 1º andar, para comprar um remédio e não voltou ao trabalho.

A vítima foi encontrada na escada que dá acesso ao 5º andar do prédio com um ferimento produzido por arma branca, na região da cabeça. Policiais Militares da 35ª Companhia Independente da PM (CIPM/Iguatemi) foram acionados na manhã desta terça-feira (14), para atenderem a ocorrência e ao chegar no local foi encontrado o corpo.

Daniela trabalhava no prédio, na empresa Call Tecnologia, que presta serviços de call center para o Disque 180 da Secretaria de Políticas para as Mulheres, do Governo Federal. Ela estava escalada para o plantão de ontem de 14h às 22h. Por volta de 19h, disse que ia tomar um remédio e não retornou. 

"Ela se encontrou com uma pessoa no 5º andar cujas imagens já mostram e indicam quem tenha sido. A família também já apontou um suspeito e tudo leva a crer que tenha sido um crime passional", completou o capitão. Daniela deixa dois filhos.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas a vítima já estava morta. Daniela trabalhava no setor de direitos humanos da empresa de call center.

A presidente do Sindcentel, Edla Rios, está no local e informou que há muito tempo os funcionários reclamam da falta de segurança no prédio. "É uma tragédia que poderia ter sido evitada, não fosse a falta de segurança", disse.

O caso será investigado pela delegada Milena Calmon, titular da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico). Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil, imagens das câmeras de segurança do edifício estão sendo analisadas.

A polícia divulgou ainda que o crime deve ter ocorrido entre 18h e 19h de ontem. Autoria e motivação ainda estão sendo investigadas. Oito pessoas devem ser ouvidas ainda nesta terça (14) na 1ª DH/Atlântico. Antes do corpo ser encontrado, a família e amigos iniciaram uma busca por Daniela através de mensagens pelas redes sociais. 

Fonte: Correio 24 Horas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE