• Junta Médica do Estado implanta serviço de call center

Junta Médica do Estado implanta serviço de call center

26 de junho de 2019 \\ Geral

A Junta Médica Oficial está implantando um serviço de call center para atendimento aos mais de 270 mil servidores ativos, inativos e pensionistas do Estado. A partir desta terça-feira (25), informações e orientações sobre o funcionamento da Junta Médica e os mais diversos processos de concessão de benefícios que dependem da realização de perícia médica no Estado estarão disponíveis por meio dos ramais do SAC: 0800 071 5353 (ligação gratuita de telefone fixo) e 4020-5353 (custo de ligação local com DDD 71).

A criação do serviço é resultado de uma parceria entre a Junta Médica e a Superintendência de Atendimento ao Cidadão (SAC). Com a medida, o atendimento telefônico prestado pela Junta Médica passará a ser realizado por uma equipe exclusiva de quatro atendentes, que atuará de forma integrada e de acordo com o Modelo de Atendimento adotado pela rede SAC.

“Nosso objetivo é facilitar o acesso à Junta, criando um canal de comunicação direto com servidores, aposentados e pensionistas”, afirma a coordenadora do órgão, Michele Castro. Uma das principais vantagens da iniciativa, explica Michele, é que os servidores não serão mais atendidos por meio de linhas isoladas, mas por uma central telefônica, que permitirá o redirecionamento dos chamados, minimizando o tempo de espera. “Além disso, a medida vai contribuir para aprimorar a qualidade do nosso serviço de forma mais ampla, já que a equipe de recepcionistas – que antes era responsável também por receber as ligações - passará se dedicar exclusivamente ao atendimento presencial”, acrescenta.


 


Modelo SAC - Para viabilizar a implantação do serviço de call center, a equipe da Diretoria de Gestão da Qualidade da SAC realizou um trabalho de redesenho dos fluxos de atendimento ao público da Junta Médica. “Nossa meta é garantir que o servidor tenha um atendimento único e de qualidade, que lhe permita encerrar a ligação com todas as respostas necessárias ao encaminhamento da sua demanda”, explica a diretora de Gestão da Qualidade, Nilza Rios.


 


Para isso, a equipe de atendentes passou por uma capacitação no Modelo de Atendimento SAC. Em outra frente, as profissionais receberam um treinamento com foco no funcionamento e nos processos tratados pela Junta Medica, onde tiveram a oportunidade conhecer na prática a rotina da unidade e as principais dúvidas encaminhadas por telefone pelos servidores. Para completar, o grupo participou de um curso para utilização do SEI Bahia, o sistema informatizado de gestão de processos e documentos administrativos digitais do Poder Executivo Estadual.

Vinculada à Secretaria da Administração do Estado (Saeb), a Junta Médica Oficial do Estado da Bahia é o órgão responsável pelo controle e execução da concessão de benefícios não previdenciários, que demandam a realização de perícia médica para sua autorização. Em sua rotina, o órgão chega a atender presencialmente cerca de 100 servidores e pensionistas por dia. Entre os atendimentos prestados, está a realização de exames pré-admissionais e inspeções de saúde para viabilizar a concessão de benefícios como licença médica e aposentadoria por invalidez.


 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE