• Prefeitura de Feira investe mais R$ 415 mil em reformas no Hospital da Mulher e no CMPC

Prefeitura de Feira investe mais R$ 415 mil em reformas no Hospital da Mulher e no CMPC

04 de julho de 2019 \\ Geral

Investimentos da ordem de R$ 415 mil (R$ 415.393,45) da Prefeitura Municipal de Feira de Santana (PMFS) está em fase de processo licitatório para reforma de enfermarias do Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher (HIPS), e do Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez (CMPC).

Especificamente, a planilha de obras do novo edital contemplará a reforma completa da Enfermaria D com substituição de revestimentos, esquadrias, portas, janelas em alumínio e vidro temperado, calhas e telhado, além de serviços de impermeabilização, nova instalação elétrica e hidrossanitária. Após revitalização, a comunidade ganhará mais quatro novos leitos de internamento num total de 18.

Ainda, 46 sanitários serão reformados em todo o complexo hospitalar. Novo forro em PVC, bancadas de granito, espelhos, box completo para higienização de pacientes internados, esquadrias em madeira, pintura e também serviços elétricos estão entre os itens.

O investimento do governo do prefeito Colbert Martins Filho, segundo explica Gilberte Lucas, diretora-presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, contempla reforma do CMPC.

O equipamento municipal de saúde, responsável por serviços especializados para o diagnóstico e acompanhamento do câncer, terá portas e janelas substituídas, revestimento cerâmico e estrutura de madeira para cobertura com telha de fibrocimento e, na parte externa, em aço alumínio.

Nova pintura e novos corrimões em aço galvanizado, bem como a troca de vidros estão orçados na obra.

Mais investimentos

Recentemente, o prefeito Colbert Martins Filho renovou e ampliou a frota de veículos do Hospital da Mulher com a aquisição de uma nova ambulância e mais dois veículos, num total de R$ 167 mil em investimentos.

De 2015 até março deste ano, a Prefeitura de Feira já investiu mais de 7 milhões (R$ 7.171.533,56) em todo o Complexo Municipal Materno-Infantil. Reforma estrutural completa, modernização e ampliação de toda a unidade hospitalar, com quatorze novas salas no ambulatório e um novo Centro de Material Esterilizado (CME) passaram a atender às exigências da vigilância sanitária.

Novos equipamentos também equipam o laboratório de exames, enfermarias C, D, e destaque para a B com a abertura de doze novos leitos, sem contar os aparelhos adquiridos para a central de esterilização, centro obstétrico, três novos leitos de UTI neonatal, berçário de médio risco e para o Banco de Leite Humano (BLH).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE