• Colbert diz estar preocupado com a gestão, ao ser questionado sobre resultado de pesquisa

Colbert diz estar preocupado com a gestão, ao ser questionado sobre resultado de pesquisa

12 de junho de 2019 \\ Geral

O prefeito Colbert Martins prefere deixar para falar sobre política e eleições 2020 mais para frente. Ao ser questionado pelo Acorda Cidade sobre o resultado da pesquisa eleitoral encomendada pelo Jornal Folha do Estado e site Bahia na Política, em que aparece atrás do deputado federal Zé Neto na disputa pela prefeitura de Feira de Santana, afirmou que “retrata uma situação de momento sobre possíveis candidatos. Alguns já lançados e em campanha e outros não”. "Eu mesmo me encontro administrando a cidade, preocupado com a gestão e com vários projetos para melhorar as condições de vida dos feirenses, resolver problemas e buscar soluções", ressaltou. E acrescentou: “Vai chegar ainda o momento de tratar de política, bem mais adiante. Por enquanto, avalio números apresentados e caminhos que eles revelam”.

Veja abaixo o resultado da pesquisa

Espontânea

Na espontânea, em que nenhum nome é apresentado ao eleitor, o deputado federal Zé Neto, que já foi candidato a prefeito 4 vezes, aparece na primeira posição com 16,6% dos votos. Em segundo lugar, Colbert Martins, com 8,8%. Em terceiro, Targino Machado, com 6%; Carlos Geilson, 2,3%; Zé Ronaldo, 1,5%; Fernando Torres, 1%; Irmão Lazaro, 0,7%; Jhonatas Monteiro, 0,4; Dayane Pimentel, 0,2%; Sonia e o deputado Estadual Tom tiveram a mesma pontuação 0,1%. Indecisos e aqueles que não souberam, 52,7% e brancos e nulos 9,7%.

Estimulada

Na estimulada, em que nomes são apresentados para o entrevistado, Zé Neto (PT) se mantém na primeira posição com 25,5% das intenções de votos; Colbert Martins Filho, 13,8%; Targino Machado, 13,2%. Carlos Geilson aparece com 10,3%; Irmão Lázaro, 3,1%; Fernando Torres, 2,9%; Dilton Coutinho, 2,3%; Dayane Pimentel, 1,2%; Jhonantas Monteiro, 1,1%; Roberto Tourinho, 1%; Tom, 0,5%; Zé Chico, 0,1% e Angelo Almeida, 0,1%. Outros candidatos alcançaram 0,6%. Brancos e Nulos 11,9%; não sabem e indecisos 12,4%.

O levantamento foi feito pela Equalip Consultoria Estatística. (Orisa Gomes)

Fonte: Acorda Cidade 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE