• Prefeitura promove Workshops para discutir agendas estratégicas de Feira 2030

Prefeitura promove Workshops para discutir agendas estratégicas de Feira 2030

28 de maio de 2019 \\ Geral

Representantes de diversos segmentos organizados da sociedade feirense e também gestores do Governo Municipal estão discutindo a agenda estratégica de Feira 2030, visando definir os caminhos que o município deve seguir em busca de seu crescimento ordenado até a próxima década. As discussões estão sendo realizadas através de workshops realizados na Câmara de Dirigentes Lojistas e com temas apresentados por especialistas da empresa de consultoria EY (Ernst Young), que atuam como moderadores dos debates.

Ao todo serão quatro workshops visando a discussão de temas vitais para o desenvolvimento sustentável e equilibrado de Feira de Santana, promovidos pela Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec), coordenada pelo secretário Antônio Carlos Borges Júnior.

No dia 22 foi abordado o tema “Ambiental e Social” e no dia 23 sobre “Tecnologia e Inovação”, ambos tendo como moderador Roberto Silva, da empresa de consultoria EY.

Já no dia 24 a abordagem foi sobre o tema “Desenvolvimento Econômico”, tendo como moderadora Kássia Oliveira e como especialista Luiz Cláudio. As discussões retornam no dia 4 de junho, quando será realizado workshop sobre “Infraestrutura”, tendo como moderadora Monique Leiras e como especialistas Gustavo Gusmão/Paulo Lucas.

Especialistas e representantes de diversos segmentos organizados da sociedade discutem, durante os encontros, temas relevantes, como o incentivo e a ampliação das ações do IPTU Verde, Programa para acompanhamento e validações das metas e ações para saneamento, Incentivar a instalação de energias renováveis (residencial, comercial e industrial), Criar Parque Eólico Municipal, Fomentar programas para primeiro emprego e muitos outros.

O consultor Roberto Silva, da EY, ressalta a importância do evento. “Estamos realizando a quarta fase do projeto, que é a criação das agendas estratégicas com objetivo de discutir e propor as ações de construção do Plano de Desenvolvimento Econômico. O plano já está na fase final, com grande participação dos setores públicos, privado e da academia”, observou.

Já o especialista Luiz Cláudio Campos destacou a necessidade de estar se discutindo o município para os próximos 20 ou 30 anos. “Estamos aqui discutindo como é esperado o desenvolvimento de Feira de Santana para os próximos 10, 20 ou 30 anos”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE