• Na viagem 500 ao interior, Rui Costa entrega nova rodovia na Chapada Diamantina

Na viagem 500 ao interior, Rui Costa entrega nova rodovia na Chapada Diamantina

15 de abril de 2019 \\ Geral

Nesta segunda-feira (15), o governador Rui Costa alcança a marca de 500 viagens de trabalho realizadas ao interior da Bahia. Ele estará em Morro do Chapéu, na região da Chapada Diamantina, e não é por acaso que será para entregar uma obra de estrada. Durante o primeiro mandato, um dos destaques da gestão de Rui foi a construção e recuperação de mais de 5 mil quilômetros de rodovias que cortam todas as regiões da Bahia, totalizando um investimento da ordem de R$1,7 bilhão.

A restauração e pavimentação de 73 quilômetros da BA-144, no trecho que liga Morro do Chapéu a Várzea Nova e ao povoado de Lages do Batata, em Jacobina, que será entregue na segunda-feira (15), beneficia 227 mil moradores das cidades de Irecê, Morro do Chapéu, Várzea Nova, Jacobina e Umburanas. 


Ainda na viagem 500, o governador vai autorizar a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) a celebrar três convênios no âmbito do Projeto Bahia Produtiva (Qualificação Agroindústrias, Socioambientais Quilombolas e Fruticultura - Café). Haverá também, na Praça Flaviano Guimarães, no centro, a entrega de dez mil mudas frutíferas e essências florestais, beneficiando 33 agricultores familiares de Morro do Chapéu.


Completando a agenda, Rui entregará tratores a 20 municípios da região: Andaraí, Barra do Mendes, Cafarnaum, Capim Grosso, Central, Ipupiara, Irecê, Itaberaba, Morro do Chapéu, Mulungu do Morro, Mundo Novo, Nova Fátima, Nova Redenção, Ourolândia, Piritiba, Ruy Barbosa, São José do Jacuípe, Souto Soares, Uibaí e Wagner.


Obras de infraestrutura 


O Governo do Estado investiu R$ 28,2 milhões nesse trecho da BA-144, mas as obras de infraestrutura nas outras regiões não param. Neste início de 2019, já foram autorizadas intervenções em 745 quilômetros de rodovias com recursos de aproximadamente R$ 183 milhões. O maior trecho é de 140 quilômetros na BA-142, entre Mucugê e Barra da Estiva/BR-407. Na BA-160, serão 136 quilômetros que ligam Ibotirama/Paratinga ao município de Lapa. 


Além desses, outros sete trechos são considerados prioritários para o Governo do Estado: BA-046, de Itaberaba a Iaçu; BA-245, de Iaçu a Itaetê e também de Itaetê ao entroncamento da BA-142; BA-142, do entroncamento da BR-242/Andaraí ao entroncamento da BA-245; BA-142, do entroncamento da BA-245 a Mucugê; BA-148, do entroncamento da BR-242 a Abaíra; e BA-148, de Abaíra a Rio de Contas.


“O trabalho continua e novas obras serão realizadas. Destaco a recuperação de 547 quilômetros do sistema viário BA-052, conhecido como Estrada do Feijão. Um dos trechos é o que liga Feira de Santana a Xique-Xique. E o outro trecho que liga Xique-Xique a Barra, inclusive com a construção da ponte sobre o Rio São Francisco. É um sonho daquela região”, afirmou o governador.

255 cidades visitadas

Ao longo de 1.566 dias de governo, Rui esteve em 255 municípios. Entre os mais visitados para entrega de obras e anúncio de novas intervenções se destacam Camaçari, Lauro de Freitas, Feira de Santana, Itabuna, Porto Seguro, Teixeira de Freitas, Jequié,  Barreiras e Juazeiro. 

No último mês de março, em Camaçari, Rui autorizou as obras de reforma do Hospital Geral, que oferece uma média de 5 mil atendimentos mensais e possui 135 leitos de internação, sendo oito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), além de outros 39 na emergência. Principal centro industrial do estado, o município também foi beneficiado com a entrega do novo Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), no bairro Comércio III, e de uma Academia da Saúde, na localidade de Arembepe.

Ainda na Região Metropolitana de Salvador (RMS), em uma das viagens a Lauro de Freitas, o governador autorizou, em dezembro de 2017, o início da construção do Hospital Metropolitano, que atenderá os 13 municípios da RMS. Com investimento da ordem de R$ 120 milhões e capacidade para 265 leitos, o hospital ficará localizado no bairro de Areia Branca.

Em Feira de Santana, Rui inaugurou importantes obras, como a Policlínica Regional de Saúde, que atende 27 municípios da região. Ainda na área de saúde, o município está sendo beneficiado com a construção do Hospital Clériston Andrade 2 (HGCA 2). Entre as intervenções que a atual gestão estadual tem levado para Feira de Santana estão também as obras de infraestrutura urbana e do programa de habitação Minha Casa, Minha Vida. 

No sul do estado, em Itabuna, um dos destaques foi a assinatura de ordem de serviço para a construção da Policlínica Regional de Saúde. O município também é um dos principais beneficiados com a construção da Barragem do Rio Colônia, que tem evitado enchentes e melhorado o abastecimento de água. No momento, está em andamento ainda a obra do Teatro Municipal de Itabuna, realizada pela administração estadual. 

Em 2017, em Porto Seguro, no Extremo Sul baiano, Rui entregou o 12º Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep). Na mesma região, inaugurou, em Teixeira de Freitas, a primeira Policlínica Regional de Saúde da sua gestão, em novembro de 2017. 

No sudoeste da Bahia, em Jequié, além da inauguração da uma policlínica para atender a toda a região, o governador entregou a duplicação do Hospital Prado Valadares, em 2018. O novo prédio, construído anexo ao hospital, dobrou a capacidade de atendimento médico da unidade. O investimento de R$ 38 milhões, entre obras e equipamentos, beneficia mais de 600 mil moradores. 

Já em Barreiras, no oeste do estado, a viagem mais recente de Rui ocorreu no dia 29 de março, quando ele assinou ordem de serviço para início das obras de reforma geral e ampliação do Hospital do Oeste, no valor de R$ 5,24 milhões. Na ocasião, também autorizou a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) a lançar o edital de licitação para obras de ampliação da Hemodinâmica e construção do Necrotério do Hospital do Oeste. Outra obra importante realizada pelo governo no município é a construção da policlínica, cuja conclusão está prevista para dezembro.

Outra cidade que se destaca entre as mais visitadas pelo governador é Juazeiro, no norte da Bahia. Em umas dessas viagens, em 2017, ele inaugurou o novo posto do SAC. No ano passado, esteve em Juazeiro para a assinatura de ordem de serviço das obras da policlínica regional, unidade de saúde que deve entrar em funcionamento ainda neste primeiro semestre. 


Governo perto das pessoas

Além de inaugurações importantes e históricas, como a rodovia que será entregue em Morro do Chapéu, Rui estabeleceu uma rotina de visitas a escolas e unidades de saúde nas viagens ao interior da Bahia. Nesses quatro anos e quatro meses, 331 instituições de ensino receberam a visita do governador, sendo 203 escolas estaduais. 

Em 2019, além ouvir demandas do corpo docente e dos alunos, Rui passou a realizar encontros de trabalho com diretores, vice-diretores e coordenadores pedagógicos. O objetivo é estabelecer estratégias para melhorar a aprendizagem dos estudantes. A primeira reunião ocorreu em fevereiro, em Alagoinhas, seguida por outras cinco no interior do estado. 

A metodologia dos encontros foi alinhada com diretores dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE) em reunião no dia 23 de março, na sede da Secretaria da Educação. Na atividade, o governador reafirmou o compromisso do Governo do Estado com a Educação. “Estamos fazendo um esforço para melhorar a aprendizagem dos nossos estudantes, investindo em formação, na infraestrutura das escolas, construindo uma rede de parcerias e chamando as famílias para as escolas. O conceito é de mutirão de uma grande mobilização para transformar a nossa rede. Esta é a minha expectativa não só como governador, mas de vida. E o foco do nosso trabalho é o estudante. O que for melhor para o estudante será o melhor para nós”, disse durante o encontro.


Regionalização da saúde

Outra prioridade do Governo do Estado, a área de saúde também tem sido acompanhada de perto por Rui nas viagens ao interior, independentemente das entregas e assinaturas de ordem de serviços. Entre janeiro de 2015 e abril de 2019, 214 instituições de saúde foram visitadas por ele, sendo 84 hospitais e 130 unidades, postos ou policlínicas.

As entregas nos últimos anos incluíram, na área de saúde, os hospitais do Cacau, em Ilhéus, e da Chapada, em Seabra, além da Maternidade do Hospital da Criança, em Feira, e das policlínicas regionais em Feira de Santana, Jequié, Irecê, Alagoinhas, Guanambi, Teixeira de Freitas, assim como a ampliação do número de leitos nas redes direta e indireta. Ainda este ano, outras 11 policlínicas devem ser inauguradas. Além disso, mais de 20 mil cirurgias já foram realizadas de forma itinerante, contemplando moradores dos 417 municípios. 

O investimento do Governo da Bahia na área da saúde, entre 2015 e 2018, ultrapassou a casa dos R$ 20 bilhões em obras, serviços e recursos humanos. "Estamos avançando no cumprimento da meta de regionalizar o atendimento, levando para o interior serviços de média e alta complexidade. Em breve, vamos inaugurar as UTIs do Hospital da Lapa, como inauguramos em Brumado, e estamos implantando um hospital em Itaberaba", completou o governador.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE