• Fortalecimento de ações promocionais da Bahia é discutido em feira internacional

Fortalecimento de ações promocionais da Bahia é discutido em feira internacional

11 de março de 2019 \\ Geral

O planejamento estratégico de novas ações promocionais e a captação de voos internacionais foram discutidos durante a Feira IBT 2019 – Internationale Tourismus-Börse, realizada em Berlim, na Alemanha. O subsecretário do Turismo da Bahia, Benedito Braga, reuniu-se com o diretor de Inteligência Competitiva e Promoção Turística da Embratur, Alisson de Andrade, para discutir medidas em curto prazo, para o marketing e promoção internacional. Outro aspecto importante abordado diz respeito à captação e manutenção de voos internacionais. A Bahia tem participado das principais feiras, a fim de divulgar os atrativos turísticos baianos e intensificar contatos com companhias aéreas, visando atrair novas frequências. De acordo com Benedito Braga, a manutenção de parceria com a Embratur é fundamental tanto na atração quanto na comercialização de passagens com destino ao Brasil. “O desejo dos estrangeiros de visitar o Brasil deve ser estimulado por meio de ações promocionais nos principais destinos emissores de turistas. Com a decisão de vir ao Brasil, eles precisarão utilizar rotas aéreas internacionais para chegar à Bahia e outros estados. É um ciclo”, explicou. Participaram do encontro o especialista em Mercado Norte-americano, Arthur Grimaldi, e o auditor interno da Embratur, Breno de Souza. Negociações O subsecretário da Bahia também participou de reuniões com companhias aéreas, como Condor e Cabo Verde Airlines, no estande da Embratur. Com a primeira, o estado negocia a frequência Frankfurt-Salvador. Já com a Cabo Verde Airlines está sendo negociada a possibilidade de até três frequências semanais para o estado, com partidas de Milão, Lisboa e Paris. Durante a IBT, a Embratur anunciou que está em curso projeto de promoção internacional dos patrimônios mundiais tombados pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A capital baiana figura na lista com o Centro Histórico, reconhecido desde 1985. Fonte: Ascom/Setur

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE