• José Ronaldo diz que o turismo precisa ser profissionalizado na Bahia

José Ronaldo diz que o turismo precisa ser profissionalizado na Bahia

20 de junho de 2018 \\ Geral

Nos últimos anos, a Bahia sofreu uma queda no fluxo de mais de 2 milhões de passageiros nos aeroportos internacionais de Salvador e Porto Seguro. Muito dessa redução se deve ao fechamento do Centro de Convenções da Bahia após o desabamento de parte da fachada, ocorrido em 2016. De lá para cá, o turismo de negócios, que já foi um dos maiores geradores de empregos na área vem recuando e ainda não se tem ideia de quando será reiniciada a construçãode um novo equipamento.  Esse foi um dos principais temas da entrevista que o pré-candidato ao governo da Bahia, José Ronaldo, concedeu na manhã desta terça-feira, no Programa Excelsior Turismo, com a apresentadora Heloisa Braga.

José Ronaldo criticou a falta de definição do governo do estado para a reconstrução do Centro de Concenções. “Por conta dessa indefinição, a Bahia caiu no ranking das capitais que recebem eventos internacionais. A repercussão disso foi o fechamento de hotéis, como o Pestana e diversos outros no centro da cidade”. O ex-prefeito de Feira de Santana falou sobre a importância de se voltar a investir no turismo e disse que parte do problema se dá pelo loteamento político da Secretaria de Turismo e Bahiatursa.

Ele falou ainda sobre o baixo investimento nos aeroportos regionais e nos centros de convenções de cidades como Porto Seguro, Ilhéus e Feira de Santana. Questionado pela apresentadora, José Ronaldo disse que o mais importante é pensar o turismo de forma profissional, com técnicos especialistas no assunto. “A Bahia é rica por natureza. O turismo é uma das principais áreas econômicas e deve ser bem gerido”. José Ronaldo disse também que tem certeza de que o Centro de Convenções municipal, anunciado pelo prefeito ACM Neto, ficará pronto muito antes que o novo Centro de Convenções prometido pelo governo do estado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE