• Pai encontra filho em decomposição após defeito em geladeira do IML de Santo Amaro

Pai encontra filho em decomposição após defeito em geladeira do IML de Santo Amaro

22 de fevereiro de 2018 \\ Geral

Após a morte do filho no interior do estado, um morador de Salvador teve que enfrentar mais uma dor: a impossibilidade de realizar um velório como a família gostaria. Ao chegar ao Instituto Médico Legal (IML) do município de Santo Amaro, na última segunda-feira (19), Ednilson Borges foi informado por funcionários que o corpo de seu filho não estava devidamente refrigerado, já que a geladeira da unidade estava quebrada. Segundo ele, Alexandre Borges, 28, teria sofrido um atentado no distrito de Muribeca, São Francisco do Conde, na madrugada de domingo. O corpo teria ficado sem a refrigeração necessária até segunda, por volta de meio-dia, quando foi retirado. "Quando chegamos lá, não havia mais possibilidade de a funerária colocar o formol ou fazer os procedimentos cabíveis para que, pelo menos, a tampa do caixão pudesse ficar aberta", lamentou em entrevista ao Bahia Notícias. Ednilson Borges acrescentou que o corpo de seu filho precisou ser velado no estacionamento do cemitério, já que o cheiro forte impedia o uso da capela. Além da situação de Alexandre, ele relatou o forte cheiro sentido no IML de Santo Amaro devido ao acondicionamento incorreto dos corpos. Em nota, a assessoria do Departamento de Polícia Técnica (DPT) informou que as geladeiras da unidade estão funcionando normalmente e que, no início da semana, foram realizadas manutenções preventivas nas câmaras de refrigeração da unidade, "o que, ocasionalmente, pode acarretar no degelo, exalando posteriormente um odor característico". O DPT ressaltou que mantém um contrato de manutenção preventiva e corretiva, com visitas quinzenais. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE