• PMFS: Segurança alimentar é prioridade do Governo, diz especialista

PMFS: Segurança alimentar é prioridade do Governo, diz especialista

15 de dezembro de 2017 \\ Geral

Especialista em segurança alimentar e nutricional e membro do Conselho Estadual que trata sobre a questão, Jainei Cardoso da Silva afirma que a política pública voltada para a efetivação destas ações em Feira de Santana ganha impulso pela determinação do Governo Municipal de elaborar e pôr em prática o plano de segurança alimentar e nutricional. A avaliação, realizada nesta quinta-feira, 14, durante a última reunião deste ano do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), realizada na Faculdade Uniasselvi, resulta das observações das ações promovidas durante 2017 visando a implantação de medias que resultem na garantia de direitos à alimentação de qualidade.

Para Jainei Cardoso, todas as obras realizadas em uma cidade são necessárias, mas é preciso também se priorizar a questão da segurança alimentar, como o Governo Municipal de Feira de Santana tem feito, para fazer frente ao problema crucial da desigualdade social e da consequente falta de alimentos na mesa de famílias carentes. “Quando se trata de segurança alimentar, se trata de tudo que se refere ao bem estar”.

A elaboração do projeto municipal de segurança alimentar e nutricional, conforme o secretário de Desenvolvimento Social (Sedeso), Ildes Ferreira, é um plano para Feira de Santana e não de governo. “É um plano de interesse de todos”, ressaltou o secretário.

Já o secretário de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semman), Sérgio Carneiro, observa que a implantação do Conselho de Segurança Alimentar em Feira de Santana é uma imposição das desigualdades sociais. “Estas desigualdades nos levam a organizar conselhos como este para minimizar as desigualdades sociais”, frisou.

Enquanto isso, o secretário de Agricultura, Recursos Hídricos e Desenvolvimento Rural (Seagri), Joedilson Machado, observou que esta secretaria é parceira forte do conselho, por tratar diretamente de questões relacionadas à produção de alimentos na zona rural de Feira de Santana.

Na avaliação da presidente do Consea, Celi Rios, o empenho dos conselheiros do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional tem sido fundamental para as ações avançarem visando a implantação efetiva de um plano eficaz.

E o representante da Secretaria Municipal de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec), Georgton Rios, avaliou que o Consea tem avançado bastante na elaboração do plano de segurança alimentar e nutricional. “É o papel de uma gestão da cidade, de oferecer o melhor para os cidadãos feirenses, não só para minimizar a fome como também discutir o que é melhor na alimentação”.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE